quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Vivenciando




Desde que o mundo é mundo, somos iguais e diferentes. Iguais porque somos humanos, necessitamos das mesmas coisas, comida, bebida, fé, amor, paz. Mas nem por isso deixamos de ser diferentes. Da fé, todos necessitamos, mas a minha fé é diferente da sua, nossos Deuses são diferentes, mas o objetivo é o mesmo, acreditar em algo.

O que me alimenta, também te alimenta, mas nossos temperos são diferentes, contudo, o objetivo é o mesmo, alimentar-se. Na vida o que se busca ninguém sabe, mas há algo necessário e fundamental na vida de todos, o AMOR. Mas, mesmo assim, eu amo diferente de você.

A diversidade do homem é infinita, o branco e o negro, o homem e a mulher, o pobre e o rico, o gay e o hétero, etc. Viver essa diferença é que faz a diferença.

Milhares de pessoas morrem todos os anos, há centenas de anos, pelo mesmo motivo, a diferença de sua FÉ.

Está somente em uma diferença, todas as diferenças do mundo, na CULTURA. É nela que se decide sua fé, sua raça, sua orientação sexual, seu hábitos alimentares. É no choque de cultura que se encontra a diferença. E foi graças a essa mistura louca e gostosa que hoje vivemos num mundo MULTICULTURAL.

A diferença é necessária, o preconceito e a discriminação é que não devem ser tolerados, e cabe a nós sabermos conviver com ela, senão o mundo vai virar um lugar muito chato para se viver.

Um comentário:

Bardock o Bardo disse...

Yahooo 2009 ai vivenciando de verdade. Me chupa que sou uva!!!

Estão espiando